11 de setembro de 1683 – A Batalha de Viena

40
73

A escolha da data para o atentado às Torres Gêmeas não concorreu por coincidência para o dia 11 de setembro. O símbolo do que era planejada para ser a retomada muçulmana do mundo foi agendado para ressignificar o dia de sua mais vergonhosa e definitiva derrota, que ocorreu em 1683, quando a Santa Liga Católica, uma união de estados do Sacro Império Romano-Germânico, liderada pelo rei polonês João III Sobieski, derrotou o exército do vizir otomano Kara Mustafa Paşa e impediu a dominação islâmica da Europa Cristã.

Por sua posição estratégica como porta de entrada para os Estados Papais, os muçulmanos atacaram a Áustria com o objetivo de terminar sua conquista da Europa pelo Sudeste, afim de construir uma mesquita no local da Catedral de São Pedro, no Vaticano, onde está o trono do Bispo de Roma, o Papa.

A Batalha de Viena é o auge de uma história de centenas de anos de guerra entre o mundo cristão e o islâmico, motivo porque um dos jogadores mais importantes no tabuleiro era o Beato Marco D’Aviano, um monge capuchinho que teve sua vida marcada pela luta na tentativa de proteger a Civilização Cristã e finalmente converter os islâmicos.

Depois de derrotados em Viena, os Otomanos foram sendo sucessivamente derrotados até sua derrota final e dissolução do Império Otomano em 1918, ao final da Primeira Guerra Mundial. No entanto, o fim do avanço Otomano foi definitivamente conquistado pelos portugueses em mar e pela Liga em terra.

Por esta razão, em virtude da reinterpretação da derrota de 11 de setembro de 1683, o ataque contra as Torres Gêmeas ocorreu na data em que ocorreu.

Tradução: Andrey Costa

Ajude-nos a continuar: https://apoia.se/tradutoresdedireita

Twitter: http://twitter.com/tradutores_br
Instagram: https://www.instagram.com/tradutoresdedireita
Site: https://estibordo.org/tradutoresdedireita

Youtube Tradutores de Direita

40 COMENTÁRIOS

  1. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo e sua Santa Igreja, seu Corpo Místico.
    Parabéns por mais essa tradução TD! Vocês são um dos melhores canais do YouTube e é inacreditável o quanto o algoritmo tem polido a suas visualizações. Que Deus os abençoe grandemente.

  2. Eu moro na Europa essa cena dos muçulmanos abaixados em oração encheu meus olhos de lágrimas, e me veio logo o pensamento: "Meu Deus a Europa está acabada" eles param as ruas, na França, Bélgica, Itália, Suécia, Holanda e tantos outros países, fazendo isso, os chefes de estados europeus que comparticipam desse plano dos globalistas de islamizar a Europa são Judas, não tem amor a pátria nem a seu povo, esse continente está fadado ao fracasso. Tiranda Polônia, Hungria e Malta, não sei o que será do resto, até Portugal aprovou o aborto e o casamento gay, no dia 11 de Fevereiro dia de Nossa Senhora de Lourdes, no dia seguinte ouve um terremoto em Lisboa. Só não fui embora ainda prq estou cumprindo uma missão aqui, se for da vontade Dele eu irei embora a tempo, caso contrário morrerei por aqui mesmo, que a vontade do Senhor prevaleça.
    Pois infelizmente está muito perto dessa bomba relógio explodir.

  3. Essa batalha foi vencida pela malvadona Igreja de Cristo, a Babilônia, segundo os protestantes, esses cristãos nutelas. O exército católico debulhou ao fio de espada os "pacíficos" muçulmanos que queriam matar o Papa. Por causa da malvadona, hj podemos ter liberdade. Assim, o dia 12/09, no ano litúrgico, é o dia do Santíssimo Nome de Maria, pois o Papa atribuiu a intercessão de Nossa Senhora, a Vitória conquistada. Viva a verdadeira e ÚNICA Igreja de Cristo!!!

  4. O irônico é que o Cristianismo surgiu como uma seita judaica no Oriente Médio, não tinha nada a ver com a cultura européia ancestral dos gregos, romanos, celtas e germânicos. Os europeus foram "cristianizados" e adotaram essa religião exótica e alienígena que hoje passa como se fosse da essência da civilização européia…. muito estranho isso.

  5. É um filme italo-polonēs de 2012 do Diretor Rezo Martinelli em que o monstruoso ator Murray Abraham interpreta o Frei Março d'Aviano. Não sei se há versão em português. Já que estamos falando em guerras da cristandade gostaria de indicar que dessem uma olhada na reconquista da Península Ibérica iniciada em 718 e finalizada em 1492 com os reis "espanhóis" Aragão e a Rainha de Castela, Fernão e Isabela. Deixando claro que a permanência dos muçulmanos naquela região trouxeram avanços científicos, sobretudo nas navegações marítimas. ABS.

  6. Se os islamicos tivessem ganho essa batalha, teriam dominado a europa central durante algum tempo e depois teriam sido escorraçados , assim como foram expulsos da península ibérica após séculos de ocupação. Nada mudaria. O que realmente pode desfigurar o Ocidente não são derrotas militares, mas a imigração em massa, porque aí a semente da destruição cultural está definitivamente sedimentada e se propagará espontâneamente.

  7. Enquanto isso, site franciscano está negando a missão salvivica do Nosso Senhor Jesus Cristo, colocando-o como vítima do "sistema opressor judeu", como se fosse um perseguido político. Poderíamos fazer um longa metragem a partir desse vídeo. Deus Vult!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here