Como reconhecer seus verdadeiros amigos – Jordan Peterson

26
147

No seu livro 12 Regras para a Vida, Jordan Peterson dedica a terceira regra à ideia de fazer amizade com pessoas que querem o melhor para você. Essa regra, em geral, gira em torno do fato de que, com uma vida complicada, é necessário que tenhamos por perto pessoas que não nos queiram mal ou nos prejudiquem. Dr. Peterson entra um pouco neste tema no vídeo.

Tradução: Vitor Pezzin
Revisão: Andrey Costa

Ajude-nos a continuar: https://apoia.se/tradutoresdedireita

Webpage: http://TradutoresdeDireita.org e https://estibordo.org
Facebook: http://facebook.com/https://www.facebook.com/Estibordo-419330148661010
Twitter: http://twitter.com/tradutores_br
Instagram: https://www.instagram.com/tradutoresdedireita

Youtube Tradutores de Direita

26 COMENTÁRIOS

  1. Sobre a segunda parte, me ocorreu algo relacionado porém invertido: Eu tenho um amigo que eu considerava ser meu melhor amigo há quase 10 anos, essa semana nós e outros amigos iríamos nos divertir um pouco(ele chamou), em ultima hora ele fiquei sabendo que ele não ia, me encontrei com ele e outro amigo(já que o outro iria comigo) perguntei se era porque ele tinha que ir à faculdade, na minha cara ele disse que sim. Descobri que algo realmente bom aconteceu pra ele e por isso ele não pode vir conosco, e ele mentiu pra mim(mas não omitiu para os outros nem nada), não acredito como ele pode não confiar em mim.

  2. Discordo. Quando um amigo fala uma coisa ruim q aconteceu com ele, vc pode falar q ja aconteceu coisa pior para acalmar a pessoa e encorajar a seguir em frente.
    Para ver qm é seu amigo de verdade:
    -Seja pobre ou desprovido de poder/status
    -Tenha o contato com a pessoa
    – Perca dinheiro,status ou fique seriamente doente.
    – Se afaste por um tempo, depois veja se a pessoa tem o mesmo entusiasmo em te ver depois de algum tempo. Eu por exemplo, n tenho e nem nunca tive amigo nenhum. Tive colegas ou companheiros de atividade.

  3. A única pessoa que se encaixa na explanação do Peterson na minha vida é a minha mãe. É a única que se alegra quando trago boas notícias e fica triste com as más. Resumindo, não tenho amigos. Já sabia disso. Obrigado Deus!

  4. Esse comportamento de menosprezar ou mesmo não celebrar conquistas alheias é típico de brasileiro. Se você diz que conseguiu algo, ou fingem não escutar ou eles dizem que fizeram algo melhor ainda. Olavo descreve bem a situação: são vários caranguejos dentro do balde, um querendo puxar a perna do outro para que ninguém saia de onde está.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here