Humanos São Mais Valiosos Que Animais? – PragerU

36
166

No ano passado legendamos o imperdível documentário do Discovery Institute “War on Humans” (Guerra aos humanos), que aborda de forma clara e precisa a agenda animalista que visa minimizar o valor da vida humana equiparando-a com a dos animais, o documentário pode ser assistido na íntegra em nosso acervo através do link https://www.facebook.com/tradutoresdedireita/videos/1081094641976090/

No mais novo episódio da Prager University, Dennis Prager nos faz perguntas incômodas que trazem à tona novamente o tema. No clássico, A Revolução dos Bichos, de Orwell, o autor personifica os animais dando-lhes características humanas. Neste livro, os bichos, liderados pelos porcos, fazem uma revolta na fazenda e acabam assumindo seu controle. Com a ideia de que promoverão a igualdade, os porcos, acabam convencendo a maioria dos animais a se revoltarem contra os humanos que os oprimiam, mas ironicamente acabam se corrompendo com a criação de uma elite suína entre os animais da fazenda, culminando com uma liderança ainda mais nefasta e mais controladora do que a dos humanos.

Essa fazenda, obviamente, era uma alegoria da União Soviética, na qual os flertes de igualdade acabaram por implementar o medo em todos que acreditaram na utopia proposta, até mesmo matando os seus para se perpetuarem no poder. Embora nesta narrativa os animais sejam puramente representações humanas, não sendo estes nada mais do que alegorias de uma realidade vivida e percebida por Orwell, no presente documentário, apresentado por Wesley Smith, o contrário acontece: os animais, mesmo não gozando da cognição e da autoconsciência recebem dos próprios humanos uma elevação social, tornando-se iguais eles no que tange aos direitos e deveres.

É como se os corpos dos animais de Orwell assumissem a capacidade irracional mais primitiva, mas seus espíritos viessem a assombrar a humanidade possuindo os humanos, impondo com a mesma ditadura animal os opressores que não querem acatam suas imposições ideológicas zoófilas. E o pior, nesse cenário apocalíptico, estes iluminados “piedosos” e “amigos dos animais”, se tornarão ao mesmo tempo os juízes, e essa é a parte mais assustadora, afinal de contas, quase todo mundo conhece alguém que diz preferir os animais em detrimento dos humanos e que, mesmo que cobertos de nobres intenções, desconhecem as consequências de sua militância, bem como, a aderência da mesma com agendas ideológicas totalitárias.

O animalismo é uma postura pouco conhecida no âmbito do marxismo cultural e consiste, basicamente, na vitimização extrema dos animais e na criminalização do ser humano. Defende um veganismo agressivo e uma campanha de ódio contra quem consome produtos animais e seus derivados. Segundo os seguidores destas ideias, o “especismo” (termo fabricado por eles para atingir seus objetivos) consiste na crença de que os animais são inferiores aos humanos, ou merecedores de menos direitos sendo que eles (os animalistas) se colocam na posição de anti-especistas. Apenas mais um dos inúmeros exemplos da estratégia maquiavélica de “dividir para conquistar” que vem sendo aplicada com maestria pelos marxistas, nos mais diversos segmentos sociais, há décadas – negros contra brancos, mulheres contra homens, etc.

Sua ideia é controlar a humanidade para agir consoante sua filosofia, em nome dos animais irracionais, que continuarão a miar, ladrar, ganir, rosnar, uivar, bufar, sem ao menos se darem conta do que se passa, no conjunto das complexas relações interpessoais, inerentes ao ser humano, emulando figurativamente na imaginação dos mentecaptos animalistas, uma complexa expressão de agradecimento que, na verdade, nunca se deu – e nem se dará.

Tradução: Renan Poço
Revisão: Jonatas

TRADUTORES DE DIREITA
Webpage: http://TradutoresdeDireita.org
Facebook: https://www.facebook.com/tradutoresdedireita/videos/1221630324589187/
YouTube: https://youtu.be/W8PML5pfoNA
Twitter: http://twitter.com/tradutores_br

Agradecemos a PragerU/We thank PragerU
Site: www. prageru.com
Vídeo original: https://www.youtube.com/watch?v=7JATJv8HlV8

Youtube Tradutores de Direita

36 COMENTÁRIOS

  1. Pleno século xxi ainda falando sobre crenças. A verdade é que o ser humano não aceita o fato dele ser uma forma de vida como qualquer outra, que sua existência acaba na morte e sua carne vira nutriente de volta para a terra. Não somos melhores que outras formas de vida, não fomos criados a imagem e semelhança de ninguém.

  2. Concordo com o vídeo mas nem toda vida humana tem esse valor sagrado. Vida de assassinos, criminosos contumazes que atacam a vida de outras pessoas, terroristas entre outros, não tem o menor valor para mim. Esse tipo de gente pode morrer que não faz a menor falta e sim, salvaria a vida de um cachorro ao invés de salvar a vida de uma escória como as que citei como exemplo.

  3. Animais, montanhas, árvores valem muito mais que seres humanos. Somos uma praga de 7 bilhões. A vida humana vale em termos relativos e individuais.Minha vida vale muito para mim. Ponto final. Foda-se o resto.

  4. Não precisa dos valores judaico-cristão para considerar o homem superior as outras formas de vida. O simples fatos de sermos racionais já justificaria. Pela própria regra da seleção natural sob a natureza. Chega a ser bobo comparar uma sociedade animal com uma metrópole.

  5. sou cristão e concordo que o ser humano seja um ser acima dos animais, porém é proibido fazer merda, ou seja, agir de acordo com a ganância (desmatamento) ou sadismo (caçar por diversão), matar animais é só para comer, e está na bíblia que tem de ser uma morte rápida ainda por cima

  6. é ainda tem burro que fala que animais tem o mesmo valor do que uma pessoa,e como argumento usam o que os portugueses falavam que,os indígenas eram animais.pior e que tem alguns que tentam achar resposta na bíblia citando uma passagem sobre animais que não tem nada haver com igualdade animal ao ser humano esses são o tal do mula mesmo.

  7. fala serio… saindo desse canal pq ess vídeo foi uma piada. Podem ficar com esses valores que colocam humanos num pedestal acima dos outros animais com o pretexto da "imagem e semelhança" nunca o ser humano esteve tão longe de Deus. Não concordo em nada com esse tipo de pensamento

  8. É por essa tremenda burrice que os valores judaico-cristãos estão caindo em desuso. TODAS AS FORMAS DE VIDA SÃO VALIOSAS! Acreditar que por sermos seres humanos criados a imagem e semelhança de Deus nos faz mais importantes que nossos irmãos inferiores é uma ideia que apenas nos levará para o Inferno. Somos todos filhos do mesmo pai e todos nós temos a mesma importância para Ele! Devemos mostrar compaixão pelos menos afortunados que não tem meios para se defender, sem essa compaixão o mundo será um lugar cada dia mais infernal.

  9. Eu sou ateu e uso como base nesse sentido ,nessa ocasião o NATURAL, e o natural é :nós temos mais valor que outros animais pois nós somos humanos,então devemos naturalmente pensar que somos melhores que outros. Penso que estou usando o argumento do "egoísmo universal" todos pensam em si antes do próximo ,porque não poderíamos fazer o mesmo?

  10. Sou ateu e penso assim…
    Nós instintivamente temos o desejo de subjugar os outros, por isso temos essa necessidade de definir quem vale mais ou se vale mais, mas na verdade só queremos mostrar nossa própria superioridade, nem que seja dizendo que não somos superiores, ou seja, ser melhor do que quem se acha melhor. O valor de alguém ou algo deveria ser definido apenas por aqueles que desfrutam de sua existência. Mas há uma diferença enorme em não precisar de algo ou alguém e permitir a destruição destes apenas por que não vê valor neles, isso é uma forma muito idiota de se pensar, pois o valor de alguém não é a única coisa que alguém tem à oferecer, você pode achar um mendigo alguém que tanto faz estar vivo ou morto, mas ele pode salvar sua vida de alguma forma, nem que ele tenha o feito apenas pra ganhar algo com isso. O caso dos comunistas e nazistas não é simplesmente achar que algo não tem valor, é achar que o valor de algo é negativo pra eles. Não gosto de criticar religião que não seja islâmica mas, tem historias da bíblia que contam como ''Deus'' escolhia quem deveria ficar vivo pra repovoar a terra depois que ele desse um grau na galera…

  11. O ser humano pensa que é divino e superior a todas as outras criaturas do planeta,mas é apenas um monte de carne, um monte de sangue, um monte de conflitos internos. O ser humano é apenas um ser que tem a necessidade de se alimentar e ser aceito pelo bando, não importando se é pelo que realmente é ou pelo que tenta ser. O ser humano se julga muito diferente dos outros animais,mas costuma ser agressivo com outro ser humano pelo fato de o achar diferente e estranho,e faz isso por medo,igualzinho aos outros animais. A diferença entre a inteligência humana e a dos outros animais tem a ver com graus,de forma alguma com gênero.
    O ser humano se acha limpo e que cães e porcos são sujos,mas o Rio Tietê,o Rio Pinheiros e as maiores sujeiras que existem no mundo não são criações de cães nem de porcos.
    O ser humano não consegue aceitar a ideia de que é filho da natureza,ele quer ser filho de um deus. Mas,quando um ser humano morre,é devorado pelos mesmos bichos que devoram um cão. Lamento dizer,mas a natureza não está nem aí para você e sua vaidade.
    ~Filósofo~

  12. Segundo a concepção de alguns lunáticos que renegam a si próprios e a todos seus ascendentes, descendentes, familiares e amigos (afinal, não são todos humanos?); segundo eles vacinas, inseticidas, raticidas e outros controles de pragas são imorais e indefensáveis. Imagine! Assassinar vermes, insetos que devoram colheitas, bactérias, vírus, ratos, baratas, morcegos que disseminam doenças! Que absurdo acabar com suas valiosas e inestimáveis vidas! Um genocídio bárbaro! Pensando racionalmente: se assim fosse mesmo, na verdade, não teria mais ninguém aqui sobrevivido para discutir no Youtube!!

  13. – ao contrário do que pensam os cristãos, é tão errado agredir humanos quanto animais
    – ora ora cuidado com essa ideia deles, pessoal, quer dizer que podemos mandar humanos para câmaras de gás

    Acertô miseráve

    Vídeo falacioso da porra…

  14. Achei desonesto esse argumento. Sou ateu, de direita , contra o aborto, acho a vida humana mais importante que a animal e acredito que que religiões foram criadas por pessoas ignorantes tentando explicar o que não entendiam. Meus princípios foram criados pelo que acho certo e não porque um livro que foi escrito por pessoas supostamente influenciadas por um suposto ser superior me diz que isso é o certo. Dizer que a causa do mal na Terra é a ausência dos valores judaicos cristãos se parece muito com aquele argumento da esquerda que diz que as pessoas só são más porque o capitalismo fizeram elas serem más. Ambos os argumentos tiram do indivíduo a responsabilidade de seus atos. Além disso ele mente. A Bíblia defende a escravidão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here