Pedir desculpa às crianças – Rabino Telushkin

19
200

“Quantos de vocês cresceram em lares em que seus pais nunca se desculparam com você?”

É assim que Joseph Telushkin, rabino, historiador, autor sobre ética e best-seller pelo New York Times, começa esse vídeo sobre a importância de nos desculparmos com nossos filhos.
Ele trata de um assunto complicado – nosso orgulho – e como devemos interpretar o mandamento “ame a teu próximo como a ti mesmo” em uma breve, embora divertida, história.

Tradução: Jonatas

TRADUTORES DE DIREITA
Webpage: http://TradutoresdeDireita.org
Facebook: http://facebook.com/tradutoresdedireita
YouTube: https://youtu.be/376TDZwuWR8
Twitter: http://twitter.com/tradutores_br

Vídeo original: https://www.youtube.com/watch?v=40sAPnX7maU

Youtube Tradutores de Direita

19 COMENTÁRIOS

  1. Ótimo, felizmente cresci em um lar que preza essas coisas. Tenho o costume de me desculpar quando me dou conta que errei, e o que é irônico é que certa vez uma garota me disse "Pare de pedir desculpas. " Acredito que ela tenha tido outra orientação .kk

  2. Caso contrário a criança cresceria com aquele complexo de inferioridade aceitando tudo que os "mais fortes" induzem a elas, mesmo que seja errado. E isso vira quase que uma submissão/escravidão formando pessoas fracas e incapazes perante o mal. Excelente vídeo!

  3. Eu primeiro apanhava, depois explicava e aí minha mãe, se concordasse, pedia desculpas; meu pai faleceu muito cedo, então nem sei como seria. Eu não bato, só faço restrição de diversão e é muito raro, e peço desculpas quando vejo que fui mais ríspido ou não dei atenção. E funciona. Nunca tive criança chorando em mercado pra comprar doce. Não vejo isso como fraqueza ouvir e pedir desculpas, entendo como paternidade. Ser o responsável pela disciplina sempre é chato, mas não pode ser terror. Eu desejo que nunca meus filhos tenham medo de mim, medo só dos sermões chatos e da falta do vídeo game kkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here