Resposta do Rabino Sacks ao ateísmo

29
99

Em mais um curto vídeo das séries de domingo, dessa vez o Rabino Lord Jonathan Sacks, importante nome do conservadorismo britânico, dá a sua resposta à cosmovisão (se é que podemos chamar assim) do ateísmo.

Tradução: Jonatas

Ajude-nos a continuar: https://apoia.se/tradutoresdedireita

Twitter: http://twitter.com/tradutores_br
Instagram: https://www.instagram.com/tradutoresdedireita
Site: https://estibordo.org/tradutoresdedireita

Youtube Tradutores de Direita

29 COMENTÁRIOS

  1. Não me pareceu preocupado com o facto de "isto" ter sentido é ou não uma prioridade para a veracidade da questão "é necessário existir sentido para algo existir?". Como ateu o que me preocupa é se é verdade,… se há evidências para que o quer que seja seja assim. Gostei de o ouvir mas não se preocupou nem um segundo com isso.

  2. Quando era descrente, pois acredito que um verdadeiro ateu só poderia nascer sem nem menos saber o que é Deus e mesmo assim, não duvidaria que ele criasse os próprios.

    Não havia sentido na minha vida, quando aceitei nem que um pouco, uma faisquinha acendeu a chama.

  3. Olhem o tanto que o cara do vídeo é bobo. 3:15 No final ele diz "É por isso que o ateísmo nunca conseguirá responder a questão do sentido do universo, e sem sentido perdemos nossa humanidade."
    É por isso que existe a ciência, matemática e coisa e tal, que são justamente pra isso. É o mesmo que querer que uma cadeira responda as questões do universo e tal, sendo que ela não tem esse objetivo.
    Ateísmo é não crer que exista uma divindade ou algo do tipo, muito menos afirmar de maneira egocêntrica que tal divindade é a única que existe.
    Talvez se a ciência evoluir e chegar ao ponto de todos nós podermos ver e experimentar face a face algum deus ou coisa do tipo, aí sim talvez uma pessoa ateu acredite em algo do tipo, e mesmo se não quiser acreditar é um direito da própria pessoa não quiser. O pesamento é livre pra cada indivíduo, e forçar o contrário claramente é uma espécie de ditadura.
    E o cara ainda tem a capacidade de afirmar que caso uma pessoa que não acredite em sentido perderá a sua humanidade. Você pode ser um cara honesto, trabalhador, com caráter, cumpre as leis, respeita o próximo, família e tal… maaaassss se você não perde seu tempo imaginando sentido nisso ou aquilo então você perdeu sua humanidade. Sempre assim, a retórica é a mesma, ou você acredita em Deus ou irá para o inferno e similares…
    Uma pessoa humilde e simples que não dá valor ou ignora a ciência não é punida pela mesma e os cientistas não perdem o seu tempo falando mal delas. Mas se uma pessoa resolve ignorar a religião, aí rapaz, coitado desse cara…

  4. Prefiro curti coisas como família, amor e amigos do que me preocupar em achar um sentido pro universo.
    As vezes tem coisas que nn precisa de respostas só precisamos deixa las de lado e saber conviver com tais duvidas.

  5. No meu ponto de vista os religiosos também não conseguirão responder a essa pergunta, e isso simplesmente porque a resposta não existe, pra mim a religião só dá a sensação de estarmos caminhando pra algum lugar quando na verdade não saímos do lugar.
    Há milênios filósofos e religiosos de todo o tipo de crença tentam explicar o sentido da existência e nunca chegaram perto.

    O universo não têm um sentido e a existência humana menos ainda, somos somente uma raça flutuando numa rocha torcendo pra que um dia possamos entender o universo afim de usá-lo ao nosso favor pra facilitar nossas buscas individuais pela felicidade.
    A busca da felicidade é a coisa mais próxima do sentido da vida, mas partindo do princípio de que a felicidade é diferente pra cada um, podem existir infinitos tipos de felicidade e com isso o universo ganha infinitos sentidos, e se uma coisa existe com variação infinita ela não pode ser definida.

  6. Ser ateu não significa necessariamente não crer em um deus. Certos ateus começam a falar e você percebe rapidamente que eles são criaturas crentes e fervorosíssimas, alguns fundamentalistas até. O deus deles chama-se ciência.
    Li os comentários dos ateus aqui e é cada cambalhota mental para explicar (sem sucesso) o porquê de Deus não existir. Gente, A VERDADE É SEMPRE SIMPLES.

  7. Sempre pensei da mesma forma que este senhor, porem nunca consegui transmitir a ninguém. Isso que ele falou explica o pq surgiu religiões em varias partes do mundo, embora desconectadas, existe algo dentro da gente que clama por uma entidade.

  8. Não há ninguém melhor para explicar a alguém que se declara ateu, sobre a existência divina, do que o próprio demônio.
    Digo com propriedade, pois já presenciei alguns fatos.
    Talvez um dia eu conte o grosso da história aqui.
    E já houve muitos sábios famosos que passaram por este mundo, mas o tempo da nossa existência foi dividido em antes e depois dele, por apenas um.
    Se Cristo não fosse quem é, isso não teria acontecido.
    De qualquer forma, respeito a crença ou descrença das pessoas, assim como espero que respeitem a minha, mas não sou adepta de religiões.

  9. Você pode até "responder" dessa forma,porém a fé engloba um todo.A submissão e aceitação,o testemunho diário daquilo que vive,não é simples chegar e dizer:"Olha só como isso faz sentido,você que não quer enxergar!"
    Eu me pergunto: Por que um Criador,que em toda sua infinita inteligência(dou ênfase a isso) e poder, criaria seres,os quais ele mesmo antes de cria-las ele sabia que,se rebelariam,iriam blasfemar e realizar tudo aquilo contra a sua vontade.POR QUÊ?Não tem nenhum sentido sermos criados,e livre arbítrio não existe nesse plano(usem passagens que citam o planejamento de Deus desde o ventre,e relacione com a onipresença/onisciência).Ou seja,ou você nasce condenado ETERNAMENTE por seres que ELE MESMO CRIOU(a influência de Satanás sobre os nossos "pais",Adão e Eva),ou recebe um galardão também eterno(e todo nosso cosmo sendo feito para o nada).Não vejo sentido nenhum no criacionismo,por isso me afastei desde a adolescência,pois se eu não entendo o básico da fé incondicional na existência de Deus,não há como eu me manter nessa caminhada.

    Agradeço se algúem leu até aqui,tudo de bom a você.

  10. Sou ateu e, respeitosamente, discordo do argumento. Talvez o sentido esteja em nós mesmos e não em um Deus…Na minha modesta opinião, o que faz a diferença e o que causa o sentido nas coisas são pessoas, não deuses… Historicamente, na medida que uma sociedade evolui o número de deuses diminuem… Respeito a opinião e a crença das pessoas, mas achei fraca a explicação do rapaz…

  11. Nossa, discordo completamente do argumento do Rabino.Uma coisa é você analisar um problema sugerindo uma solução, outra é tomar algo como implicitamente verdadeiro a partir de uma sugestão e com isso provar que algo é infundado – no caso, o ateísmo.Não me convenceu nem um pouco, ainda que, como Aristóteles, eu compartilhe da opinião acerca da ininteligibilidade de algumas coisas no que concerne ao universo e suas leis.Continuo Ateuzão, mas valeu a tentativa.Próximo!

  12. E é por isso que os Socialistas falham. Eles acham que descobriram o sentido da história (O Comunismo), mas eles estão dentro da história, e o sentido que eles dão, também esta dentro. Portanto não pode ser o sentido real.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here